All for Joomla All for Webmasters
Tim: (19) 982360493   Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Estilo de cervejas clássicas (nº 5) Old Ale/ Barley Wine

23 Maio 2016
(0 votos)
Autor :  

Estilo de Cervejas Clássicas (nº 5)

Por Michael Trommer)

(Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Barley Wine fermentado com levedura de vinho,17%vol alcool

 

Vamos Falar de um estilo de cerveja de inverno que muitas vezes é envelhecida e consumida nesse período do ano para aquecer o corpo “Winter waermer”, a tradução é aquecedor de inverno. Esta cerveja é denominada de Old Ale.

Todos os tipos são de intensidade maior ou menor, mas sempre escuras. São doces e geralmente com característica de sabor de passas e melaço.

Muitas vezes este tipo de cerveja não é forte em relação ao álcool. Isto ocorre porque a cerveja não fermenta por completo, fica uma parte dos açucares fermentescíveis na cerveja trazendo uma cerveja doce e encorpada com características da cevada maltada, mosto.

PS1- Antes da levedura se alimentar de todos os açúcares fermentescíveis, abre-se o frio do tanque que contém a cerveja verde para temperaturas próximas de 0°C, brecando o trabalho da levedura.

Assim fica preservado na cerveja o sabor e corpo dos açucares da cevada maltada (gosto de mosto).

PS2- Os açúcares fermentescíveis são os açúcares de cadeia curta como: Glucose, maltose, etc.

PS3- Mosto, parecido com um chá, rico em parte protéica e açúcares que se transformará em cerveja após a fermentação e maturação do mesmo.

PS4- Extrato original ou primitivo → É o teor ou concentração de açúcares contidos no mosto medido após a fervura do mosto (apronte).

 

O Old Ale Clássico

A cerveja Old Ale Clássico fica entre 16 e 20°P de extrato original e 5,8 até 8,5 vol. De álcool.

Um bom exemplo é a cerveja Old Peculier que possui de 14 até 15°P de extrato original e 5,6%vol. de álcool. Além disto, apresenta um caráter suave e frutado.

No outro extremo do extrato original existe uma Owd (“Old”) Rodger que é produzida em Burton-upon com extrato original de 20°P. O mesmo possui álcool suficiente para esquentar o corpo no inverno.

O encorpado e doce Old Jock, é forte. Por outro lado ele é mais agradável, passa pelo processo onde não são consumidos todos os açúcares fermentescíveis pela levedura, ficando uma cerveja com corpo e aroma da cevada maltada, mosto.

Geralmente estas cervejas são batizadas com nomes de pessoas reais ou nomes de pessoas imaginarias que contem o adjetivo Old. Exemplo : Theakston’s old Peculier.

 

 

 

Cinco Anos de Idade

Muitos Old Ales possuem este nome devido ficar estocado para o verão, onde na programação, produção, são produzidas cervejas mais leves, ficando cervejas por mais meses estocadas e posteriormente misturado com cervejas mais jovem.

Um exemplo deste tipo de cerveja é a cerveja Green king que é a mistura de uma Barley Wine de 15°P e 6,5% vol. de álcool com um Ale, que é uma cerveja de cor amarelo amarronzado com 13°P e 5,5% vol. de álcool, e ainda misturado com uma cerveja forte de 27°P e 12% vol. de álcool, uma verdadeira cerveja Ale antiga, que fica de 1 a 5 anos em barris de madeira.

A mistura destas três cervejas é comercializada como Ale de inverno “Winter Ale” com 15°P e 6% vol. de álcool, na forma de barril. Ainda uma combinação interessante é feita das duas cerejas “segredo” citadas acima onde à mistura fica com 14,5°P e 6% vol. de álcool, mas não embarrilado e sim engarrafado com o nome de Strong Suffoltc (encontrada em muitos supermercados finos na cidade de São Paulo, como por exemplo o Mambo).

 

Envelhecimento na Garrafa

A respeitada cervejaria Gale’s produz uma cerveja de inverno com o nome de 5X, composta da mistura da cerveja amarga da casa com o Prize old Ale de 23,5°P e 9% vol. de álcool que geralmente é comercializado em garrafas. Na cervejaria onde a 5X é produzida, ela fica de 6 a 12 meses em maturação; após esse período de maturação é engarrafada sem filtrar, pasteurizar e sem adição de açúcar ou levedura.

Esta cerveja se desenvolve na garrafa (bi fermentação). A ação da levedura na garrafa eleva o teor alcoólico de 9% para 11%. Esta elevação no teor alcoólico pode ocorrer em qualquer cerveja bi fermentada devido à levedura e resto de açucares dissolvido na cerveja.

PS5- Bi fermentação é um processo que, também ocorre na champanhe. É uma segunda fermentação dentro da garrafa que vai para o consumidor.

No estado jovem, recém envasado, a cerveja Prize Old Ale apresenta um sabor de malte elevado, após cinco anos de maturação na garrafa a mesma fica suave parecida com Brandy.

A cerveja Hardy’s Ale possui 28% de extrato primitivo e 12,48% vol. de álcool. No rotulo dela fica marcado que não é recomendado consumir esta cerveja antes de cinco anos a partir da data de envase. Após esse período de 5 anos a cerveja chega no seu inicio de paladar agradável e quanto mais velha, mais agradável fica. Contudo, o consumo não deve passar de 20 anos após a data de envase. No ano de fabricação possui sabor de xarope, malte e fermento. Depois de um ano esta cerveja apresenta aroma mais amendoado e após cinco anos inicia uma nota de shery e madeira.

 

Resumo: Old Ale

Se envelhecida ou não elaborada no estilo tradicional, a cerveja Old Ale geralmente é escura na cor, encorpada no sabor, contendo muita matéria prima e geralmente doce. Ótimo para dias frios. A “Winter waermer” possui sabor e aroma de cevada maltada.

 

Vamos comentar da cerveja mais forte do Reino Unido denominada de Barley Wine.

Um vinho elaborado de cevada, mas logicamente igual a uma cerveja. Em 1980 começou a moda nos USA. O nome é utilizado para uma cerveja de fermentação alta com um teor alcoólico comparável ao de um vinho que fica entre 6 até 12 % vol. de álcool, e as vezes maior.

Geralmente não é cerveja de barril e sim de garrafa, e freqüentemente em garrafas pequenas com 0,15l (150 ml).

Com seu sabor encorpado alguns destes Barley Wine podem ser comparados a vinho tinto como podem lembrar um pouco a um whisky.

Muitos apreciadores consideram esse tipo de cerveja de “Winter waermer” aquecedor de inverno. Existem Também exemplos para se consumir juntamente com sobremesa e para digestão, após as refeições. Pode ser consumida antes de dormir para se ter uma boa noite de sono.

Num extrato primitivo muito alto, com muita matéria prima, ocorre à fermentação pela levedura e a formação de ésteres em grandes quantidades, trazendo um sabor de vinho a este estilo de cerveja. A proximidade do sabor do vinho é devida também ao armazenamento tradicional em barris, onde a maturação pode levar até 18 meses.

Estes Barris eram rolados na área externa ou nas adegas das cervejarias uma vez por semana para ativar o fermento contido na cerveja. Às vezes era adicionado nesta etapa lúpulo, açúcar e levedura.

Existem Barley Wine ( Redruth) que recebem até três tipos de levedura diferentes, que podem ser injetadas no barril até oito vezes. Este Barley Wine deve ficar 1 ano em maturação e apenas após este período deve ser envasado. Do extrato primitivo de 36% é formado 15,86% vol. de álcool, ficando a cerveja Redruth da Cornish Brewery Company como a cerveja mais forte no Guinnes book.

Existem Barley wine que ficam na fase da fervura de seu mosto por 12 horas e maturando no barril de 10 até 12 meses. O resultado é uma cerveja viscosa e doce.

Um exemplo de Barley Wine é a Whitbread da Capability Green, do Reino Unido, uma cerveja que custa tanto quanto um bom vinho e onde a garrafa deve descansar no mínimo 3 anos antes do consumo. Outro o Young’s de Londres, de cor avermelhada (75 a 80 EBC) extrato original de 21% e 7,25% vol. de álcool como 50 a 55 unidades de amargor.

Resumo: Barley Wine

A denominação Barley Wine é geralmente utilizada pelas cervejarias do Reino Unido para sua cerveja mais forte do tipo Ale. Sua cor é bronzeada para vermelho e encorpada. Às vezes possui características do vinho. São ideais para consumir com sobremesa, ou antes, de dormir. Antigamente ficavam para maturar em barris que era rolados 1 vez por semana para misturar o fermento decantado no barril com a cerveja verde.

 

Observações:

Será que estes dois tipos de cerveja citados deverão chamar de Old Ale ou Barley Wine? Isto é mais de interrese teórico. No Reino Unido como nos USA faz se entre os dois tipos grande distinção, mesmo que apresentam características bem similares.

19 comentários 6317 Acessos
Michael Trommer

Michael Trommer, descendente de pais alemães que vieram para colonização do norte do Paraná e posteriormente migraram para São Paulo.

Com 28 anos de experiência profissional na área de bebidas (cervejas e sucos). Contudo, sua maior atuação foi na indústria cervejeira, onde atuou na área de produção, laboratório, desenvolvimento de produtos maltados e não maltados, padronização de processos (sistema da qualidade) e implantação de manutenção preventiva e preditiva. Presta serviços para empresas de pequeno, médio e grande porte do segmento de bebidas.

Comentário

Deixe o seu comentário

Todos artigos foram publicados em revistas do segmento de bebidas, onde passaram por uma avaliação previa sobre a qualidade do material a ser editado.

Online Agora

Visitantes

Hoje 20

Ontem 176

Esta semana 20

Este mês 3063

Total 43921

Kubik-Rubik Joomla! Extensions

Top